Os cachorros de raça, atualmente conhecidos, são produto de cruzamentos – na maioria das vezes, selecionada pelo homem – entre as espécies com características consideradas boas para a preservação da raça. Inúmeros cachorros de raça foram criados artificialmente, cada uma com o intuito de gerar animais aptos para um tipo de serviço. Desde cachorros de companhia até cachorros de raças especializadas em rebanhar novilhos.

Os cachorros conhecidos como vira-latas são todos aqueles que não possuem uma raça definida, ou seja, são fruto de uma mistura de raças (não são cachorros de raça). E, por isso mesmo, podem ser de vários tipos físicos, comportamentos e tamanhos. Em geral, são bem espertos, vivem bastante e são extremamente adaptáveis.

Para um cachorro ser considerado de raça, é preciso que ele tenha pedigree, isto é, um cachorro de raça precisa possuir um documento que comprova toda sua linhagem, a pureza da raça de seus pais, reconhecida pela Confederação Brasileira de Cinofilia (CBKC). Além disso, o cachorro precisa estar de acordo com o padrão oficial da raça.

Toda raça de cachorro reconhecida pela CBKC possui padrões rígidos de aparência e até comportamento do animal. Cada raça pertence a um grupo maior, os Yorkshires, por exemplo, são do grupo 3 – Terriers, da Seção 4 – Terriers de companhia e tem padrão FCI número 86, desde 2003. As características da raça são detalhistas, compreendendo desde o tamanha do focinho, olhos, orelhas, corpo e cauda até a cor da pelagem, curvatura das patas e desempenho ao caminhar.

É claro, que nem todo mundo faz questão de um cachorro de raça, e existem aqueles que os possuem, mas não acham necessário pagar para ter um certificado de “cachorro de raça” – sim, porque é preciso pagar pelo pedigree. Porém, ter um cachorro de raça pode ser muito mais confortável, já que é possível prever, mesmo antes de comprá-lo, qual será seu tamanho adulto, a cor da pelagem, o temperamento e as características que irá apresentar. Isso gera uma segurança maior, sobre o que esperar de seu cachorro. Só mais um detalhe: cachorros de raça podem participar de exposições de cachorros, onde são eleitos os melhores espécimes de determinada raça, os mais inteligentes, obedientes e bonitos. Há exposições para todas as idades de cachorros e raças de cachorro, bem como de âmbito regional, nacional e internacional.